terça-feira, 4 de dezembro de 2018

O que são Micróbios?

No inicio do ano a H. trouxe para a nossa sala um livro sobre os micróbios. No seguimento desta partilha surgiu um novo projeto: O que são os Micróbios? Depois de pesquisarmos e respondermos à nossa pergunta de partida foi tempo de convidar uma especialista na matéria, a Mariana Santa-Marta, para nos vir explicar tudo sobre os micróbios e fazer uma experiência para vermos como temos micróbios em todo o lado. A experiência consistia em pormos o pão em contacto com diferentes superfícies e perceber em qual cresciam fungos com maior brevidade. No final, ainda fizemos outra atividade para perceber a facilidade com que passamos os micróbios uns para os outros sem nos apercebermos, quando não lavamos as mãos. Aprendemos a tossir para o braço e sensibilizarmos todos a fazer uma melhor higiene das nossas mãos. Depois de todas estas aprendizagens foi tempo de comunicarmos às outras salas.











Obrigada Mariana Santa Marta por continuares presente na nossa escola

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Domiró: Quando um jogo se transforma em arte ...

Fomos ao Museu Berardo experienciar o Atelier "O dominó começa no Miró. Descobrimos várias obras de arte deste pintor, que ficamos a conhecer melhor. Gostamos tanto, que quando chegamos à escola decidimos pedir ajuda às outras salas para conhecermos mais quadros deste pintor. A mãe do V. também nos apresentou uma obra de arte deste pintor de forma a nos inspirarmos e a fazermos as nossas próprias obras de arte.

Venham à nossa sala ver como somos artistas!



















segunda-feira, 12 de novembro de 2018

O que é um aeroporto?

O V. partilhou com o grupo um livro do aeroporto, no seguimento desta partilha surgiu o interesse para um novo projeto da sala. "O que é o aeroporto?". Fizemos a nossa pesquisa e depois de construirmos o cartaz  foi tempo de construirmos uma maqueta de um aeroporto, para da melhor forma conseguirmos demonstrar a funcionalidade do mesmo. Depois foi tempo de partilhar e comunicar às outras salas todas as nossas descobertas


Para comunicar este projeto à sala da Carolina, e como esta sala é uma sala de creche,  decidimos em conjunto dinamizar uma comunicação de forma diferente. Dinamizamos uma viagem de avião, na qual contamos todas as aprendizagens que construímos. 

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Como se vai à Lua?

As reuniões da manhã são destinadas a partilhas e a diálogos. Numa destas reuniões, surgiu a questão "Como é que se pode ir à Lua?". Muitas respostas se fizeram ouvir e muitas dúvidas foram levantadas. Depois de muito conversarmos, decidimos, então, dar resposta a estas nossas dúvidas. Surgiu, assim, o primeiro projeto do ano.

Demos início à pesquisa e, durante este processo, uma nova questão nos desassossegou: 

"Porque é que o Sol dorme à noite e de dia dorme a lua?"


Na nossa sala vive-se um clima de verdadeira participação e a criatividade é entendida como uma estratégia essencial ao processo educativo. Por isso, e tendo em conta que " a participação das crianças é um meio de aprendizagem com valor em si mesmo e um direito fundamental da infância que reforça os valores democráticos" (Tomás, 2007, p.53), para darmos resposta a esta questão decidimos construir uma maqueta do sistema solar. Com esta maqueta todos conseguimos construir aprendizagens que trazem abraçadas a si conceitos científicos complexos e desafiantes. De facto, como nos diz Vigotsky (2012), "a capacidade de elaboração e de construção a partir de elementos, de combinar os elementos velhos em novas combinações, constitui o fundamento do processo educativo" (p.28) e sustenta a construção de aprendizagens de forma significativa.


segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Brincando com as figuras geométricas

Na segunda-feira passada a I. trouxe no seu caderno uma partilha sobre como construir animais com figuras geométricas. Depois de mostrar aos amigos este trabalho realizado em família, a I. quis escrever no diário uma proposta de trabalho para transmitir este conhecimento, em conjunto com a sua mãe, ao restante grupo. Na sexta feira foi dia de receber a mãe da I. e dar então continuidade à sua proposta. Assim pudemos trabalhar as diferentes figuras geométricas abordadas, contagens e ainda a noção espacial. 


Obrigada à família da I. por esta partilha tão rica!